Corrupção


Higino Carneiro convida Pedro de Morais a assumir presidência do Banco Keve

2019-12-13 11:58:00

Imagem de destaque

Partilhar isto:

O deputado e accionista do Banco Keve, Higino Carneiro, convidou o ex-governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José Pedro de Morais, a presidir o conselho de administração daquela instituição financeira, a informação consta numa carta remetida por este aos mais de 50 sócios do banco.

O convite a Pedro de Morais acontece depois de Rui Campos, então presidente do conselho de administração do Banco Keve, ter renunciado a referida função por razões de saúde, confirmou ao Novo Jornal o também general na reserva Higino Carneiro.

No documento remetido aos seus pares, datado de 2 de Dezembro, Higino destaca que acaba "de tomar conhecimento da carta que o Dr. Rui Eduardo da Costa Campos endereçou ao presidente da mesa da assembleia geral e ao presidente do conselho fiscal a renunciar o seu mandato de presidente do conselho de administração do Banco Keve, por motivos de saúde".

De seguida, o deputado e banqueiro Higino Carneiro convidou o antigo governador do BNA e ex-ministro das Finanças, Pedro de Morais, a exercer o cargo de PCA do banco, tendo, posteriormente, solicitado aos outros sócios que estivessem disponíveis para a realização de uma assembleia geral extraordinária, ainda no mês de Dezembro, para serem eleitos os novos órgãos sociais do Banco Keve.

Higino Carneiro disse ao NJ que tomou tal decisão na condição de accionista da instituição bancária, uma prorrogativa de que os outros mais de 50 sócios do Keve também desfrutam, pelo que cada um dos accionistas pode indicar candidato para a função, desde que a pessoa reúna os requisitos exigidos pelo banco central. Possibilidade, entretanto, quase descartada, já que fontes da estrutura acionista do banco confidenciaram ao NJ que a indicação de Pedro de Morais ao cargo de PCA do Keve é consensual.