Assalto


Comando do Cazenga acusado de escoltar viatura de um empresário chinês a troco de “micha”

2020-06-18 10:55:00

Imagem de destaque

Partilhar isto:

Uma patrulha do Comando Municipal do Cazenga, com a chapa de matrícula LD-55-91-HA, com a sirene ligada, vai a busca de um empresário chinês, em Viana, de nome Lym, que conduz uma viatura de marca Toyota, modelo TXL  de cor preta, todos os santos dias da semana.

A patrulha tem obrigação de ir à busca do empresário nas primeiras do dia e deve ir à busca do mesmo cidadão asiático às 17horas no seu local de serviço. E de quem é o ‘bizno’? adivinhem… Este ‘negócio’ dentro da corporação que o Na Mira do Crime expos ontem (https://www.namiradocrime.ao/user/views/visualizar.php?id_artigo=2379), e está enraizado no seio de quase todos os comandos municipais de Luanda, com a excepção de um ou outro.

Em contacto com alguns oficiais do município que estão agastados com esta situação, denunciaram outros males que enfermam o Comando do Cazenga. Por exemplo, e basta que a Inspecção da Polícia faça o seu trabalho de casa, vai saber como um dos comandantes que passou recentemente pelo Cazenga , conseguiu construir um ‘palácio’ algures na Ilha de Luanda.

Basta investigar os agentes do SIC-económico do Cazenga para saber como os blocos, sacos de cimento e carradas de areia foram aí parar de forma gratuita. Com esta investigação vão saber de forma o "primeiro andar foi construído"

Para a inspecção, e se de facto trabalham, "consultem os comandantes de esquadras que possuem mercados de referência no município, para saberem como e quanto são obrigados a dar mensalmente aos pais grandes do município".

Este como outros males que enfermam vários comandos de Viana, serão denunciados nos próximos dias pela vasta equipa de reportagem do Na Mira do Crime, que está espalhada pela cidade de Luanda e pelo País.