Assalto


Zungueira espancada brutalmente por dez fiscais da Administração Municipal do Lubango

2020-07-07 05:32:00

Imagem de destaque

Partilhar isto:

Uma zungueira foi brutalmente espancada na tarde de ontem, segunda-feira, 06, por dez fiscais da Administração Municipal do Lubango, porvíncia da Huíla, tendo provocado ferimentos graves e o seu internamento no Hospital Central.

Joana Luzia Chimuco, de 26 anos de idade,  foi surpreendida pelos fiscais, quando vendia frutas pelas ruas da cidade, tendo estes, disferidos golpes na cabeça e na região abdominal, e posteriormente colocada na carroça dos fiscais, onde deram sequência a secção de espancamento, o que obrigou a ser transportada com urgência ao hospital, por efectivos da Polícia Nacional.

Visivelmente debilitada, já no hospital, Chimuco explicou que, a forma que estava deitada na cama, era da mesma forma como foi atirada a viatura.

“Assim mesmo como estou deitada, é conforme me meteram no carro deles, depois a cabina do carro é estreita, eles começaram a me pisar, pensei que seria levada ao comando municipal, mas começaram a dar voltas pela cidade, eu ainda disse que iam me matar, eles responderam que poderiam mesmo me matar e me colocar no tambor de lixo”, explicou.

 De acordo com a lesada, depois de maltratada, foi deixada numa das ruas da cidade, onde efectivos da PNA levaram-na até ao hospital.

“Só me lembro que, quando cheguei ao hospital estava a sangrar muito, e o doutor mandou fazer um raio-x”.

O médico cirurgião, Jerónimo Vale, que atendeu a paciente e a operou, contou aos micorofones da RNA que a zungueira levou doze pontos no abdómen.

“A ecografia revelou que tinha líquidos livres, isso quer dizer que tinha sangue na cadeia abdominal, levamos a doente ao bloco operatório e lá foi operada”, explicou. Segundo o médico, trata-se de uma lesão grave porque, se não se operasse na hora, a doente poderia entrar em choque e poderia morrer.

A vendedeira pede justiça para que possa continuar a trabalhar e sustentar os seus filhos.