Assalto


Polícia Nacional na Boa Esperança está “a perder terreno” para os bandidos

2020-07-07 06:10:00

Imagem de destaque

Partilhar isto:

Os moradores do Distrito do Kicolo, Município de Cacuaco, mostram-se saturados com as acções dos meliantes identificados pelos nomes de Yamamã, João Lamba e Mwana que tiram o sossego àqueles munícipes, sob a inoperância da Polícia Nacional, a quem dizem estar a “perder terreno” para os bandidos.

Segundo os moradores, o líder do grupo conhecido de Yamamã, tem-se encarregado do roubo de motorizadas na Boa Esperança, em pleno dia, sem que as autoridades mexam uma palha.

“Os outros dois amigos dele dedicam-se a assaltos a mão armadas em residências, quando e onde querem, e todo mundo é obrigado a ficar de bico calado”, denunciaram moradores que não aceitaram ser identificados.

"Yamamã anda com seis elementos, ficam nas paragens dos motoqueiros para receber as motorizadas. Esses elementos quando conseguem roubar, vão ao encontro de um outro grupo que, no final do dia, conseguem mais de 16 motorizadas, é um jogo perigos, e eles estão sempre bem armados", denunciaram.

Um dos motoqueiros que faz parte da Staff 41, conta que o índice de assaltos de motorizadas aumentou consideravelmente e, solicita urgentemente a intervenção de quem de direito.

“Estes que citamos os nomes, são altamente perigosos e aparecem apenas duas vezes por semana na praça do Kicolo, normalmente vão mascarados, mas são sobejamente conhecidos… e eles só usam máscaras porque a mãe do Yamamã vende carvão no mesmo mercado”, acusaram.  

O Na Mira do Crime sabe que os três meliantes saíram recentemente da cadeia de Viana, por causa da Pandemia de Covid-19.