Mundo


Brasil ultrapassa as 80 mil mortes, com 632 óbitos nas últimas 24 horas

2020-07-21 06:40:00

Imagem de destaque

Partilhar isto:

Autoridades de Saúde brasileiras contabilizam esta segunda-feira mais 632 mortes e 20.257 casos de infeção.

O Ministério da Saúde brasileiro avançou, esta segunda-feira, com mais 632 mortes associadas à pandemia do novo coronavírus, elevando o total acumulado acima do patamar dos 80 mil óbitos (80.120).

Em relação aos casos de infeção, a tutela indica que foram confirmadas mais 20.257 pessoas diagnosticadas nas últimas 24 horas, um número inferior ao dia anterior (23.529).

O número total de casos confirmados no país é agora de 2.118.646. Destes, 1.409.202 dão dados como recuperados, com 629.324 em acompanhamento pelas autoridades de Saúde.

São ainda reportadas, no site do Ministério, uma taxa de letalidade de 43,8% e uma taxa de mortalidade calculada em 38,1%.

Esta segunda-feira, dois ministros brasileiros anunciaram que estão infetados com Covid-19. Primeiro foi o ministro da Cidadania do Brasil, Onyx Lorenzoni, e depois foi o novo ministro da Educação, Milton Ribeiro, que tomou posse há apenas quatro dias.

O Brasil, sublinhe-se, é o segundo país do mundo com mais mortes e mais casos de contágio por novo coronavírus, sendo apenas superado pelos Estados Unidos (mais 140 mil mortes e mais de 3,7 milhões de casos de infeção confirmados). Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.