Sociedade


URGENTE: Fome pode matar cinco crianças e a sua progenitora no bairro Malanjino

2020-07-30 04:32:00

Imagem de destaque

Partilhar isto:

Uma família composta por seis pessoas, sendo, uma senhora de 30 anos de idade, viúva, que padece de infecção pulmonar e mais quatro crianças de 1, 2, 3, 4 e seis anos de idade, pode morrer a fome a qualquer momento.

Para se ter uma ideia da miséria em que estes angolanos vivem, no dia de ontem, até por volta das 14 horas em que visitamos os mesmos, não tinham colocado um pão na boca.

O mesmo aconteceu no dia anterior. Encontramos os menores a gemer de fome e  sede.

A desnutrição está patente no rosto dos menores, os corpos franzinos denunciam o abandono a que estão submetidos.

 A casa em que vivem, em Luanda, bairro Malanjino, não é sua pertença e podem ser expulsas a qualquer momento, já que não pagam a renda há um bom tempo,.

No interior da mesma, o vazio enche a alma de tristeza de quem os visita. Não há comida, não há cadeiras, não há mesa ou fogão, não há cama, não há colchão, não há energia.

A viúva, sem conseguir falar até o seu nome, pede apenas que salvem os seus filhos.