Sociedade


Procurador de Viana que não assinou ordem de soltura do suposto líder da ‘gangue’ que vende terrenos em Viana afastado do cargo

2020-07-30 05:32:00

Imagem de destaque

Partilhar isto:

A ordem de ofício Nº 01/07/20, que veio com a data de 14 de Julho é assinada por Napoleão de Jesus Monteiro, Procurador-Geral da República junto do SIC Geral.

Assim, e como o Na Mira do Crime escreveu na matéria “PGR solta suposto líder de grupo que vende terrenos em Viana”https://www.namiradocrime.ao/user/views/visualizar.php?id_artigo=2569   em que está implicado  Xavier Francisco Cuela “Bleck”,  acabou com a destituição do cargo daquele que não emitiu a ordem de soltura do acusado, “quando vários pedidos, de diferentes personalidades pressionavam para que o mesmo fosse solto, sem um respaldo legal”, disse fonte da Procuradoria Geral da República, que diz estar instalado uma luta de poder no seio daquele órgão.

“Há luta de gigantes na PGR, trabalhar em Viana não é para qualquer um, aí existem interesses de pessoas grandes, dificilmente nestes casos de terrenos cumprem a lei”, segredou.

O NMC sabe que, por volta das 11horas de ontem, e sem que o mesmo Procurador estivesse presente no seu local de trabalho, lhe foi deixado o documento que atesta a sua demissão do cargo, em obediência a ordem da Subprocuradora Geral junto ao SIC Luanda, Joana Lourenço Quituto Jardim.