Corrupção


Libaneses vendem motorizadas com características alteradas

2019-11-26 11:33:00

Imagem de destaque

Partilhar isto:

“O cidadão Ebel, de nacionalidade libanesa e gerente da loja Kaweseki comercial, Lda, localizada no bairro Hojy Ya Henda, rua Ngola Kiluange, e com uma das filiais na Avenida Deolinda Rodrigues Km, 12, tem estado a comercializar motorizadas com documentos adulterados”, denunciou um cliente da loja que vê-se impossibilitado de tratar os documentos de uma motorizada adquirida na loja.

“Ele vende as motos com a celindragem acima de 50cc, estamos a falar de 80cc/175cc, o documento altera para 50cc. Tudo porque, Estes meios entram para o país em forma de acessórios, e montam-nas cá”, descobriu.

O Na Mira do Crime testemunhou um dos casos que se deu com o cidadão nacional Adão da Silva, que dirigiu-se a filial desta empresa, em Viana, para compra de um meio rolante.

Depois do pagamento do motociclo, 320.000.00 Kz, foi-lhe fornecido uma factura de compra e venda para tratar os documentos junto das autoridades.

Posto na loja de registo, foi-lhe comunicado que motorizadas com cilindragem acima dos 50cc, são vendidas com um documento da Viação e Trânsito onde consta a matricula.

Aconselhado a regressar a loja para o devido efeito. O gerente, Abel, forjou outro documento e orientou o comprador a dirigir-se numa outra loja de registo. Para espanto do comprador, foi-lhe informado que o documento era falso porque haviam características alteradas.
O caso está a ser acompanhado pelo SIC-Viana que promete dar o devido tratamento ao caso